sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Chega de mistérios: Valve revela o Steam Controller


Depois do anúncio do SteamOS e das Steam machines, todos esperavam que a terceira novidade da Valve fosse algo relacionado a algum conteúdo exclusivo para seus “consoles” — como o tão aguardado Half-Life 3. No entanto, depois de muita espera, eis que a empresa revelou seu último segredo: o Steam Controller.
Isso mesmo: primeiro vimos o sistema, depois a plataforma e agora chegou a hora de conhecermos o controle que vai oferecer, como a própria empresa promete, a experiência completa do Steam em sua sala de estar. E como pode ser visto na imagem acima, a forma encontrada para isso foge bastante do convencional.
O design do Steam Controler é bastante peculiar, quebrando alguns padrões que a indústria seguia até então. É o caso da utilização das alavancas analógicas, que foram substituídas por dois trackpads circulares. Segundo a Valve, essa troca vai ser incrivelmente benéfica ao jogador, que vai contar com mais precisão e fidelidade de resposta em seus jogos, independente do gênero.
Novos botões
Além disso, o posicionamento dos principais botões de ação também mudou. Em vez de deixá-los no canto direito do joystick, eles foram distribuídos na área central, permitindo que você possa clicá-los sem precisar tirar seu dedo do trackpad.

Segundo a Valve, o Steam Controler conta com nada menos do que 16 botões. Isso porque, além do quarteto clássico e dos dois pares na parte superior, ele ainda conta com as teclas de opções na parte inferior, a área tátil no meio e mais dois botões na parte traseira. De acordo com a empresa, toda essa variedade serve para que a experiência do mouse e do teclado possa ser completamente reproduzida.
A touchscreen central é também uma das principais apostas da companhia para seu controle. Além de funcionar como um grande botão clicável, ela pode ser usada como atalho para funções específicas.

E para mostrar como isso tudo vai funcionar na prática, a companhia liberou uma pequena imagem que mostra como o Steam Controller poderia ser usado em Portal 2. O interessante é que você ainda pode compartilhar suas configurações de comando via Steam Community, deixando a experiência compartilhada.
Sentindo o controle
Só que isso não é tudo. A Valve não quer se limitar a apenas trazer um novo padrão de botões tanto que ela decidiu estabelecer uma nova lógica em relação ao funcionamento de seu controle. Tanto que uma de suas maiores promessas é o “feedback tátil”.

De acordo com a empresa, além da precisão, o principal objetivo com o Steam Controller é permitir que o jogador sinta aquilo que o game apresenta, ampliando a imersão.
O curioso é que o tradicional rumble foi removido por não ter sido considerado bom o suficiente. Em seu lugar, a empresa utilizou pequenas estruturas eletromagnéticas acopladas ao trackpad “capazes de gerar uma alta variedade de força e vibração, permitindo controle preciso sobre a frequência, amplitude e direção de movimento”.
Em outras palavras, a Valve quer que você “sinta” o jogo na ponta de seus dedos. Segundo ela, essa experiência háptica vai permitir que você sinta até mesmo a textura de alguns objetos!
Compatibilidade
A boa notícia é que, apesar de ser uma novidade ainda sem previsão de lançamento, o Steam Controller vai ser compatível com todos os jogos disponíveis no catálogo da empresa. E isso inclui até mesmo os títulos mais antigos.

De acordo com a Valve, todos os jogos já lançados e aqueles que ainda vão chegar ao Steam funcionarão com o novo controle. E um fato curioso é que, para que isso fosse possível, a empresa fez uma gambiarra de modo que o título reconheça o acessório como um mouse e um teclado. No entanto, a promessa é de que o funcionamento seja diferenciado.
Liberdade total
Por fim, a empresa revelou que não há problema algum em hackear o Steam Controller e que a ideia é exatamente permitir que a própria comunidade desenvolva melhorias em termos de funcionamento e no próprio hardware. Portanto, só nos resta esperar para ver o que esse processo de desenvolvimento e evolução colaborativo vai trazer para a Steam Machine.

Nenhum comentário:

Postar um comentário